Close
0

Ave ameaçada de extinção é resgatada pela FPI Sergipe

A Fiscalização Preventiva Integrada – FPI do São Francisco – resgatou um pássaro da fauna silvestre ameaçado de extinção. A ave conhecida como Pintassilgo do Nordeste foi encontrada em uma fazenda localizada na Zona Rural do município de Telha (SE), na tarde dessa terça-feira (26).

Junto com a ave estavam outras espécimes como o Saíra-sete-cores, pássaro achado em todos os estratos da floresta atlântica e nas matas baixas do litoral, onde é muito frequente. O proprietário da residência assinou um termo de doação voluntária ao ficar ciente que a criação destes animais silvestres não é permitida sem a documentação necessária do órgão ambiental responsável.

Ao todo, a Equipe Fauna da FPI resgatou cerca de 428 pássaros e fez orientações aos moradores de como eles devem proceder para adquirir uma ave legalizada. Parte dessas aves está ameaçada de extinção devido ao desmatamento e tráfico de animais.

Equipes da FPI/SE – Espeleologia e Arqueologia; Mineração; Aquicultura; Aquática; Fauna; Patrimônio Cultural; Comunidades Tradicionais; Saneamento I e II; Gestão Ambiental I e II; Agrotóxicos; Flora; e Abate.

Instituições Parceiras – Várias instituições estão articuladas na Fiscalização Preventiva Integrada em Sergipe, são elas: Ministério Público Estadual e Federal; Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco; Fundação Nacional de Saúde; Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis; Polícia Federal; Polícia Rodoviária Federal; Secretaria do Patrimônio da União; Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade; Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional; Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária; Fundação Cultural Palmares; Centro de Conservação e Manejo de Fauna da Caatinga; Marinha do Brasil; Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento; Museu de Arqueologia de Xingó da UFS; Universidade Federal de Sergipe; Departamento Nacional de Produção Mineral; Coordenação De Vigilância Sanitária; Administração Estadual do Meio Ambiente; Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Sergipe; Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos; Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe; Polícia Militar; Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe; Secretaria Municipal de Meio Ambiente; Secretaria de Estado da Cultura; Polícia Civil; ONG Centro da Terra; ONG Fundação Mamíferos Aquáticos.

 

Assessoria de Comunicação – FPI/SE

Publicado em 27 de setembro de 2017