Ações do Site Notícias
Acessibilidade - Alto Contraste - Tamanho da Fonte   A+    A    A-
Texto Alternativo Texto Alternativo Texto Alternativo
Quinta-feira, 17 de janeiro de 2019 - Aracaju -SE
  HOME MAPA OUVIDORIA
Institucional Texto2
Texto Alternativo
Texto Alternativo
Texto Alternativo
Texto Alternativo
Texto Alternativo
Texto Alternativo
Texto Alternativo
Texto Alternativo
  InstitucionaTopol

MP discute adequação do abate de animais e comercialização de carnes em Aquidabã
13/12/2018 

O Ministério Público de Sergipe, por meio da Promotoria de Justiça de Aquidabã, realizou audiência pública com diversos órgãos, marchantes e comerciantes para tratar sobre a adequação do abate de animais e comercialização de carnes e peixes na feira livre no referido município, diante da interdição dos imóveis municipais destinados ao abastecimento desses gêneros alimentícios.

O secretário Municipal de Agricultura afirmou que a única solução encontrada atualmente foi deslocar os comerciantes para as ruas, pois o município já está em processo de recebimento de verbas federais para a reforma dos mercados. O secretário Municipal de Obras frisou que será necessário ao menos um prazo de 06 meses para a conclusão dos processos de verbas e de licitação.

A Vigilância Sanitária Estadual expôs que o grande problema é de acondicionamento das mercadorias, pois a forma de comercialização atual, nas ruas, não é adequada, tendo em vista a necessidade de condicioná-las em locais refrigerados.

Durante audiência, a Promotoria de Justiça recomendou à Prefeitura que enquanto a reforma dos mercados não for concluída, o município deverá disponibilizar aos comerciantes e marchantes o transporte para o abate no município de Propriá. O MP frisou que os comerciantes e marchantes não comercializarem produtos abatidos de forma clandestina.

Também ficou acordado que os comerciantes deverão providenciar o adequado acondicionamento das mercadorias para a exposição à venda. Além disso, a Adema informou que a destinação dos resíduos dos abates cabe também ao próprio comerciante.

Segundo a Vigilância Sanitária do Município de Aquidabã, a fiscalização é feita de forma rotineira e não foi flagrado nenhum caso de abate clandestino. O MP solicitou que o órgão realize fiscalizações semanais e encaminhe cópias dos termos de inspeção dos produtos comercializados à Promotoria de Justiça.


Com informações e fotos da Promotoria de Justiça de Aquidabã

Coordenadoria de Comunicação
Ministério Público de Sergipe
E-mail: comunicacao@mpse.mp.br
Facebook: mpseoficial
Instagram: mpsergipe

 

 

 

Imagem
MPSE
Imagem
MPSE
Imagem
MPSE
Imagem
MPSE
Imagem
Imagem
     
Texto Alternativo
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SERGIPE
AV. CONSELHEIRO CARLOS ALBERTO SAMPAIO, 505 - CENTRO ADMINISTRATIVO GOV. AUGUSTO FRANCO - Bairro: CAPUCHO
ARACAJU - SERGIPE - CEP: 49081-000 - Tel:79-3209-2400
Texto Alternativo
Texto Alternativo
Texto Alternativo Desenvolvido pela Diretoria de Tecnologia da Informação
Texto Alternativo Atualizado pela Assessoria de Comunicação do Ministério Público de Sergipe
Texto Alternativo
© 2000 - 2019 - Ministério Público de Sergipe Todos os direitos reservados
Texto Alternativo